Infidelidade conjugal

feminista

 

O marido passava o tempo a gozar com a sua mulher. Certo dia, pediu aos amigos que o levassem ao Aeroporto, uma vez que a mulher iria fazer uma viagem. Já na porta de embarque, pediu à mulher:

– Querida, poder trazer-me uma francesinha de Paris?

 

Chateada com a pergunta, embarcou sem se despedir. Quinze dias depois a mulher regressa e o marido pediu, novamente, aos amigos que o acompanhassem ao aeroporto. Quando chegam ao aeroporto, perguntou à mulher:

– Querida, trouxeste a minha francesinha?

 

Ela respondeu:

– Dei o meu máximo. Agora é só esperar para ver se é menina…

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*
Website