A partida do barulho e do silêncio

Uma  multidão silenciosa.

Esta partida passou-se no Prospect Park, em Brooklyn, nos EUA, e fez parte de uma exposição do museu Guggenheim.

Foram necessários 23 actores e dois cães, estrategicamente dispersos num local público, e que ficavam “mudos” coordenadamente, baralhando completamente quem passava.

Entre o cão a ladrar, a mãe a falar com a filha na bicicleta, o homem ao telemóvel, o casal a discutir, o homem do saxofone e os jovens que dançam rap ao desafio, a barulheira era quase infernal naquele parque.

A um sinal combinado, todos se calam e prosseguem actividades em modo “mudo”: o saxofonista simula que toca (e ganha uma gorjeta!), o casal discute sem sons, o homem ao telemóvel só mexe os lábios e até os cães param de ladrar.

Quem passa fica “doido” com a brincadeira. De repente, parece que não há mais ninguém no parque tão cheio. Mas todos se riem e, com efeito, esta partida tem muita graça e quem vir também vai rir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*
Website